Como funciona o rodízio de pneus

Goodyear Como funciona o rodízio de pneus

Publicado:

Para entendermos como é fabricado um pneu, precisamos entender sua função. Pode parecer uma resposta óbvia, mas é a função do pneu que direciona o tipo de construção a ser utilizada e faz um pneu incorporar tantas tecnologias por trás de na sua fabricação.

O pneu serve para auxiliar na locomoção de um carro. Para garantir que consiga cumprir esta função, ele deve ser resistente contra cortes, perfurações, temperaturas, além de maleável, fácil de trocar e forte o suficiente para aguentar altos níveis de peso em velocidade. O pneu também deve dar sentido direcional, proporcionar melhor aderência em condições de piso molhado, dentre outras atribuições. Considerando isto, selecionamos alguns dos quesitos que um bom pneu deve atender:

  • Capacidade de transportar e suportar cargas.

O ar que se encontra dentro do pneu a uma determinada pressão é que suporta a carga.

  • Capacidade amortecedora.

A carcaça do pneu é construída para trabalhar flexionando quando em carga.

  • Capacidade de transmissão de torque.

A força propulsora do motor é transmitida ao solo pela estrutura da carcaça.

  • Capacidade de resposta direcional.

Flexionamento lento ou rápido, de acordo com os movimentos do volante.

  • Capacidade de aderência ao solo.

A aderência depende, principalmente, da dimensão do raio de bandana de rodagem, do desenho do pneu e do composto da banda de rodagem.

O pneu também tem outras funções, como manter um bom nível de frenagem e um baixo nível de ruído.

É importante também que o pneu tenha possibilidade fácil de consertos.

Agora que entendemos para que serve um pneu, podemos falar sobre sua constituição. Um pneu é composto por diversos materiais e partes. Sua composição, no geral, leva alguns ingredientes químicos e minerais, como sílica, pó preto, enxofre e óleos diversos. E, por consequência, sua montagem será composta por partes misturadas com estes compostos, cada parte responsável por uma ou mais características. Confira abaixo:

Banda de rodagem

É a parte superior do pneu, que tem mais contato com o solo, fabricada com um composto de borracha resistente a abrasão. Ela é responsável por garantir a aderência ao solo, reduzir a resistência ao rolamento, auxiliar na tração e frenagem e promover a dispersão da água em condições de piso molhado.

Costado

É a parte lateral, na qual constam destacadas todas as informações relativas aos pneus. Produzido por um composto de borracha especial, o costado é responsável por suportar o flexionamento do pneu, além de proteger a carcaça contra fissuras, impactos, fricções e desgates.

Carcaça

Representa toda a parte interna do pneu que não podemos ver por estar envolvida por uma camada de borracha. É composta de cordonéis, como nylon, poliéster, entre outros e é a responsável por suportar a pressão interna de ar do pneu, suportar cargas, receber e transmitir a força do motor do veículo (torque) para o solo e deve ser resistente à flexão e ao desgaste

Talão

Localizado na circunferência interna do pneu é produzido com aço revestido com um composto especial de borracha que dimensiona o tamanho do aro e promove a fixação do pneu à roda evitando o deslocamento longitudinal, além de auxiliar na flexibilidade e resistência à carga. 

Liner

É a parte interna do pneu. Produzida com compostos de borracha especial de baixíssima porosidade, é utilizada em pneus sem câmara sendo assim responsável por manter o ar dentro do pneu.

Cintas

Uma das partes mais conhecidas dos pneus, as cintas também são fabricadas a partir de cordonéis de aço revestidos por um composto de borracha dispostos na posição diagonal e são responsáveis por fortalecer a região da banda de rodagem contra cortes e perfurações bem como provenientes de impactos ou objetos diversos.

Overlay

Localizado entre a banda de rodagem e a segunda cinta, possui as mesmas funções e estrutura das cintas, mas em vez de aço, na sua construção são utilizadas matérias como o nylon e assemelhados. É um reforço adicional utilizado na construção de pneus de performance.

A construção de um pneu é um processo complexo e que envolve inúmeras tecnologias. Mas entendendo um pouco mais sobre como é feito seu processo de fabricação, é possível compreender as necessidades do seu pneu e a qualidade inserida nele.


Quer encontrar o pneu ideal para o seu carro, fabricado com os melhores materiais e com a transparência e confiança que você já conhece? Acesse nosso site e encontre o modelo de pneu certo para o seu carro em uma loja perto de você.